+ infoAcontecer
Fátima
As crianças e a morte são tema de debate em Fátima
Texto J.B. | 22/11/2019 | 16:17
Organizadores do seminário acreditam que Fátima tem um «papel relevante» no que diz respeito à postura das crianças perante a morte, uma vez que faz parte da sua história a «morte dos pastorinhos em crianças»

Especialistas da área da saúde, da educação e da Igreja vão estar em Fátima este sábado, 23 de novembro, para debater a temática da morte. A dinâmica dá forma ao seminário «As crianças, a morte e o luto», que terá lugar no Centro Pastoral de Paulo VI, a partir das 10h00, e que poderá ser acompanhado online. «A morte, sobretudo de crianças, é uma realidade social e culturalmente calada, que é fonte de muito sofrimento», referem os organizadores do encontro.

 

O debate será baseado nas experiências dos próprios intervenientes, mas também terá em consideração os 100 anos das mortes de São Francisco e de Santa Jacinta Marto. «O modo como estas duas crianças, em particular, se aproximaram da morte e morreram – a narrativa das suas mortes – é portadora de uma exemplaridade que pode constituir uma fonte de sentido sobre este mistério da existência humana em que, porventura mais do que em qualquer outra experiência, a oferta de uma narrativa com significado é relevante e urgente», acreditam os dinamizadores do seminário.

 

Os promotores da iniciativa acreditam que a Igreja «encontra uma oportunidade e uma exigência pastoral para ir ao encontro das grandes interpelações do nosso tempo» de que é exemplo a postura das crianças em relação à morte e ao luto. Além disso, os organizadores da jornada afirmam que a morte dos pastorinhos em crianças faz com que Fátima assuma neste contexto um «papel relevante». Este seminário antecipa uma jornada aberta, que terá lugar em maio de 2020, referem os serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.