+ infoAcontecer
Fátima
Ofertório do Santuário de Fátima reverte para Irmãzinhas dos Pobres
Texto J.B. | 26/12/2019 | 11:19
A coleta da celebração presidida pelo reitor do santuário na manhã do dia de Natal será encaminhada para congregação religiosa que presta auxílio aos mais frágeis, em diversos pontos do mundo

A Palavra de Jesus não é «superficial, vazia ou banal, como são tantas palavras que ouvimos». «Jesus Cristo é a Palavra capaz de dar profundidade à nossa existência e dar sentido às nossas vidas», disse Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, na Eucaristia a que presidiu na Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima, na manhã do dia de Natal, 25 de dezembro.

 

«O Natal é a festa da luz, e essa luz marca todo o imaginário natalício, nas iluminações das ruas e casas, das árvores, essa luz faz parte do Natal, e Jesus é Luz verdadeira que nos ilumina», explicou o sacerdote aos fiéis que o escutavam. Segundo Carlos Cabecinhas, a Luz que é Cristo ilumina a vida de cada pessoa para que não se perca «o rumo e nos sintamos perdidos».

 

De acordo com sacerdote, permitir que Cristo ilumine a vida de cada pessoa «implica abandonar o egoísmo, que nos centra em nós mesmos e nos torna indiferentes aos outros as suas dificuldades e problemas; implica assumir atitudes de atenção e cuidado pelos outros».

 

Segundo os serviços de comunicação do santuário, este ano a coleta da celebração do dia de Natal reverterá para as Irmãzinhas dos Pobres de Campolide, uma congregação que tem como missão ajudar «quem sofre por causa da idade, da pobreza, da solidão e outras dificuldades».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.