+ infoAcontecer
Portugal
Leiria-Fátima cria centro de apoio a famílias em crise
Texto F.P. | Foto F.P. | 10/01/2020 | 19:18
Serviço funciona no Seminário Diocesano de Leiria e disponibiliza auxílio gratuito aos casais que estejam a passar por dificuldades de relacionamento. Será dado também apoio aos divorciados que pretendam voltar a usufruir do sacramento da comunhão
imagem
Para ajudar os casais em crise a evitar que atinjam o ponto de rutura que leve à separação, a diocese de Leiria-Fátima apresentou esta sexta-feira, 10 de janeiro, o seu novo Centro de Apoio à Família (CAF), que é constituído por uma equipa multidisciplinar de 21 pessoas, com capacidade para prestar diversos tipos de apoio, desde o aconselhamento psicológico, médico, jurídico e espiritual.

O CAF funciona no Seminário Diocesano de Leiria, está aberto a todas famílias, pode ser contactado pessoalmente, por telefone ou e-mail, e garante o respeito «pela intimidade e a reserva da vida privada» das pessoas que ele recorram.

Depois do acolhimento e de uma primeira identificação do problema familiar, os casais serão encaminhados para os técnicos especializados e acompanhados espiritualmente até a sua crise seja ultrapassada. Os serviços prestados são gratuitos e assegurados por voluntários não remunerados.

«A família é o património imaterial mais belo e valioso da humanidade. Mas é uma peça da sociedade onde se refletem as crises da própria época. E estas crises não podem deixar de interpelar a Igreja, através de uma pastoral inteligente, positiva e propositiva, às famílias feridas», justificou o cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima.

Para o coordenador do CAF, padre José Augusto Rodrigues, este serviço pastoral «vem dar resposta a uma procura que já existe», mas que não está ainda quantificada, apesar de haver a sensação, entre o clero, «que serão muitas» a precisar deste tipo de apoio.

Ainda antes da abertura deste serviço, e aproveitando a janela de oportunidade aberta pelo Papa Francisco, dois casais e uma mulher divorciados e a viver em nova união na diocese de Leiria-Fátima iniciaram e completaram o itinerário de discernimento para serem «readmitidos» ao sacramento da comunhão. Neste momento, «há mais três casais» em processo de reconciliação, adiantou António Marto.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.