+ infoAcontecer
Portugal
Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa
Bispos preparam normas nacionais para proteção de menores
Texto F.P. | Foto F.P. | 14/01/2020 | 15:46
Texto elaborado a partir das diretrizes emanadas pelo Papa Francisco deverá ser levado à próxima Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa para análise e aprovação
imagem
Os serviços jurídicos da Igreja estão a trabalhar na transformação das diretrizes sobre proteção de menores em normas vinculativas a nível nacional, de acordo com o solicitado pelo Papa Francisco. O documento final deverá estar concluído a tempo de ser levado à próxima Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), agendada para abril, e a última a ser presidida pelo cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente.

«Estamos à espera do manual de procedimentos que a Santa Sé prometeu publicar, mas temos vindo a trabalhar no texto para ser apresentado ao Conselho Permanente [da CEP] e depois à Assembleia Plenária. Com base nas diretrizes de 2012, se o manual não vier, há elementos suficientes para avançarmos», afirmou esta terça-feira, 14 de janeiro, o porta-voz da CEP, padre Manuel Barbosa.

No habitual encontro com os jornalistas, após mais uma reunião do Conselho Permanente, em Fátima, o sacerdote manifestou a solidariedade e a confiança da CEP no Conselho de Administração da Rádio Renascença, em relação à decisão de encerrar a Rádio Sim.

Os bispos que compõem este órgão aproveitaram ainda para lamentar as circunstâncias que envolveram a morte do jovem estudante cabo-verdiano, em Bragança, salientando o seu repúdio a qualquer tipo de violência, como a violência doméstica ou a violência contra os profissionais de saúde.

Manuel Barbosa informou ainda que entre 16 e 22 de janeiro irá realizar-se um encontro de bispos dos países lusófonos, na Guiné-Bissau, que terá como tema principal o diálogo inter-religioso na construção da paz. A reunião servirá também para abordar o envolvimento dos países de expressão portuguesa nas próximas Jornadas Mundiais da Juventude 2022, agendadas para Lisboa.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.