+ infoAcontecer
Portugal
Vida de Santa Jacinta celebrada no Hospital Dona Estefânia
Texto J.B. | Foto Ana Paula | 14/02/2020 | 10:29
O centenário da morte da mais pequena das pastorinhas de Fátima vai ser assinalado na Cova da Iria com música e momentos de oração e reflexão, mas as celebrações estendem-se também a Lisboa, com uma Missa presidida pelo cardeal-patriarca
imagem

Os 100 anos da morte de Santa Jacinta Marto vão ser assinalados pelo Santuário de Fátima com um conjunto de iniciativas. Além do «VI Concerto evocativo dos três pastorinhos de Fátima», que terá lugar no próximo domingo, 16 de fevereiro, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a partir das 15h30, estão previstos diversos momentos de oração e reflexão. Exemplo disso é a noite da próxima quarta-feira, 19 de fevereiro. A partir das 21h30 vai decorrer uma vigília de oração, que contemplará a recitação do terço, uma procissão e a veneração dos túmulos dos pastorinhos.

No dia seguinte, 20, é celebrada a Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto.  Pelas 10h00 terá lugar a recitação do terço, na Capelinha das Aparições, seguindo-se uma procissão com os ícones dos Santos Francisco e Jacinta até à Basílica da Santíssima Trindade, onde irá decorrer a Eucaristia pelas 11h00. Entre as 14h00 e as 16h00 estão previstas diversas atividades com crianças, e pelas 17h30 haverá oração de vésperas na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Na capital portuguesa, os 100 anos da morte de Santa Jacinta Marto vão ficar marcados pela realização de uma conferência, pelas 15h00, no Hospital Dona Estefânia, local onde pastorinha faleceu. Às 16h30 terá início uma Eucaristia presidida por Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, conforme indicam os serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.